Login Semed Aluno Escola Professor(a)
Escola Giovanni Zanni recebe projeto de leitura e produção textual

Acadêmicos de Letras apresentaram novas metodologias de ensino aos alunos

Publicado em 22/10/2018


Para incentivar o hábito de leitura de estudantes do ensino fundamental, acadêmicos do curso de Letras Língua portuguesa, da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão, Uemasul, iniciaram nesta sexta-feira, 19, projeto “Saber mais Ler e Escrever no Ensino Fundamental de Escolas Públicas” na Escola Giovanni Zanni, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Semed.

Projeto será aplicado todas as sextas-feiras, pela manhã, com alunos do 7º ano, durante dois semestres. Busca-se com a atividade também reforçar a importância da leitura para construção do conhecimento, apresentar estratégias de leitura com enfoque específico, orientar sobre os distintos tipos de textos, além de fortalecer a pesquisa acadêmica em letramento, linguagens e práticas escolares.

De acordo com a professora orientadora do projeto, Socorro Gomes, trata-se de uma ação de fundamental importância, pois incitará a prática de leitura e produção textual. “É uma grande experiência para os acadêmicos e alunos da escola, pois irá acrescentar muito mais no aprendizado deles. Essa turma será acompanhada neste semestre e também quando passarem para o 8º ano, em 2019. É um tempo que considero razoável e que dá para trocar muitas experiências” – explicou.


Com dinâmica utilizando balões, sessão de filme curta metragem e leitura de textos, alunos tiveram aula inaugural diferenciada com estímulo a participação e interação, para comentarem sobre percepção a respeito do conteúdo trabalhado.

Para a gestora da escola, Lucilene Nogueira Lima, as parcerias com instituições de ensino superior são importantes para o processo de ensino aprendizagem. “São parcerias que proporcionam inovação, foge da rotina diária dos conteúdos trabalhados pelos professores. Com os acadêmicos, que estão estudando, pesquisando, coisas novas sempre surgem auxiliando no processo educacional. Além de ser um espaço para adquirirem experiências, aliando à teoria a prática. Então, ganhamos enquanto escola e os acadêmicos também ganham com a aprendizagem” - destacou.

Aluna Isabel Silva, elogiou o projeto. “Gostei muito, foi bem divertido, o filme foi engraçado e interessante e ainda recebemos chocolates e sorvete pela participação”.

Autor


Avatar photo Sara Cristina da Silva Ribeiro

Autor


Avatar photo Sara Cristina da Silva Ribeiro